23 de outubro de 2011

Crazy & Stupid Love


E não é que o título deste filme assenta que nem uma luva a esta coisa do amor?! Mais do que louco, o amor é mesmo estúpido...que nem uma porta (acho que também se pode usar este grande pensamento para este adjectivo). Anda tudo trocado neste mundo de apaixonados: o B. gosta da A. que por sua vez gosta do C. que, por seu turno, gosta do B. WTF?! Mas por que raio não temos um botãozinho que nos faz gostar das pessoas certas? Por que raio não podemos, pura e simplesmente, ignorar quem não merece que percamos 1 minuto da nossa vida preciosa? Por que raio a A. não gosta do B. e o C. não desaparece do mapa?! Era tudo TÃO mais fácil... Claro que há sempre a hipótese de ninguém se apaixonar por ninguém e não se sofre e blablabla mas quem é que acredita verdadeiramente nisto? Ok, ok, por momentos até se pode acreditar mas basta vermos um filmezinho lamechas destes, em que sai a malta toda bem disposta da sala de cinema, para ficarmos logo a suspirar por um Ryan na nossa vida... E nem precisava de tanto photoshop, a sério!! :) Moral da história: não vale a pena pensar muito nisto e toca a ir ao cinema ver o filme que, para grande surpresa minha, até que é bem fófi! Happy Moment!

Sem comentários:

Publicar um comentário